terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Me Before you




 Estreia em Março nos Estados Unidos, agora é ganhar coragem para ir assistir, e levar os indespensáveis  lenços de papel, porque vai ser difícil .Um dos mais lindos livros que já li, espero que o filme  o seja também.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Um Muro de Silêncio - Karin Slaughter


Sara Linton, pediatra e médica legista em Heartsdale, na Geórgia, conhece demasiado bem os horrores que se podem esconder por detrás das portas fechadas de uma pequena comunidade. Mas quando, certa noite de sábado, uma discussão entre adolescentes, no ringue de patinagem local, leva a uma morte - e a subsequente autópsia revela provas de auto-mutilação ritualista e abuso prolongado - Sara percebe que o verdadeiro mal está mais próximo do que imaginara.
Juntando-se ao ex-marido, o chefe da polícia Jeffrey Tolliver, e à detective Lena Adams (ainda traumatizada pelo encontro com um maníaco) numa investigação que a cada passo se revela mais frustrante, face ao silêncio frio das famílias e dos jovens que rodeavam a rapariga assassinada, Sara começa, então, a levantar as várias camadas de uma crueldade desumana que ultrapassa o mero homicídio.
Porque uma nuvem ameaçadora se abateu sobre os jovens de Heartsdale, aqueles que os deveriam proteger têm de agir rapidamente antes que toda a inocência seja destruída.

Opinião:

Perturbador, arrepiante , doloroso. Como  tema,  o abuso sexual das crianças, e todos os horrores que elas vivem, os sentimentos e as vidas roubadas a estes seres inocentes, tão bem descrito neste livro, mas é muito doloroso ler todos estes relatos o que o torna um livro complicado.Cru e direto como e  a escrita de Karin Slaughter.Não é facil ler.Mas  autora tem o dom de nos agarrar á leitura, mesmo sendo uma escrita muito dura e escura.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

6 Anos de Blog



E no dia 16 Dezembro de 2015 o blog fez 6 anos, e eu esqueci completamente .
E foi num dia de Inverno que eu resolvi criar este blog, para me divertir,  conhecer novos livros, e escrever o que cada livro me fazia sentir.
E venho por aqui para registar os momentos de puro prazer que tenho com a leitura, que faz tão bem á alma.
E espero que mais anos venham de boas leituras .

Questões do Coração - Emily Giffin

Tessa Russo é mãe de dois filhos e esposa de um renomado cirurgião pediátrico. Apesar de todos os seus receios, ela recentemente abandonou sua carreira para se concentrar em sua família, na busca pela felicidade doméstica. Por fora, parece destinada a viver uma vida encantada.
Valerie Anderson é advogada e mãe solteira de um garotinho de seis anos, Charlie, que nunca conheceu seu pai. Depois de muitas decepções, Valerie desistiu do amor e até mesmo das amizades, acreditando que é sempre mais seguro não criar muitas expectativas. Embora as duas vivam na mesma área de Boston, elas têm pouco em comum, com exceção do amor incondicional por seus filhos. Mas em uma noite, um trágico acidente faz suas vidas convergirem para um mesmo ponto de maneira inimaginável.

Opinião:

Segundo livro que li desta escritora, os dois livros foram emprestados visto que não conhecia a escritora, mas agora já vi que os seus livros são sobre traições.Porque nem todas as estórias de amor correm sempre bem , mas... tenho senpre um mas com esta escritora, se no seu primeiro livro dei-lhe o beneficio da dúvida, neste não consigo.Mas o que é que se passa com estas personagens, é tudo assim tão passivo e querido quando é traido e tão mal tratado na sua integridade,acho que não. Mais uma vez odiei cada personagem, e detestei o fim.Claro que e a vida real de muitas pessoas, perdoarem, como digo a quem consiga compreender a autora, eu não e fico danada com cada tirada escrita no livro.Mas não tiro o mérito de que é uma escritora muito boa, só que não me convence.Não sei se tem livros  com outros temas, mas não vou arriscar.

Escolhi o teu amor - Emily Griffin

"Escolhi o Teu Amor" é uma história envolvente sobre uma mulher na encruzilhada da vida e das emoções e sobre as razões que, por um lado, nos fazem escolher amar quem amamos e, por outro, nos impedem de esquecer quem nos partiu o coração.
A relação de Ellen e Andy não é só aparentemente perfeita.
Eles amam-se verdadeiramente. Não há dúvidas de que a sua relação é repleta de entrega e devoção mútuas.
Até que um dia acidentalmente, Ellen cruza-se com Leo, o ex-namorado com quem manteve uma relação problemática e obsessiva; o mesmo homem que um dia, sem explicação, a deixou e lhe despedaçou o coração.
Leo, que Ellen nunca esqueceu e que, oito anos depois, reaparece por acaso e faz com que ela questione se a vida que tem é, afinal, a vida que quer e merece.

Opinião:

Primeiro livro que li desta autora, com um tema interessante , será que esquecemos um grande amor, e se tivermos encontrado outro amor e de repente o primeiro aparecer de novo e sentirmos o mesmo encanto quando o vivenciamos da primeira vez.É sobre este tema que este livro fala,embora o desfecho esteja descrito no titulo, não é preciso chegar ao fim para saber o fim desta estória.
Ellen é casada com Andy , e pensou que tinha esquecido um grande amor que viveu com Leo, até que cruzou com ele novamente e toda a emoção do passado voltou para os dois.Leo não casou, mas Ellen sim e agora ve-se confrontada com sentimentos ambiguos pelos dois.Contado na primeira pessoa, assistimos a todos os sentimentos que Ellen sente pela sua vida atual, e pela vida que pensa que podia ter tido se tivesse feito outra escolha.  
Muito bem escrito, uma estória interessante,mas detestei todos os personagens, achei Ellen muito passiva, e sem coragem,Andy por ser um insensivel, a mãe deste e a irmã umas manipuladoras, e Leo por ser um idiota e o fim desta estória também para mim não foi o melhor.
Dou 4 pontos por ser uma escritora que escreve muito bem e conseguiu transmitir-me raiva pelas personagens, e acredito que para outras leitora consiga que sintam empatia com elas, por isso é uma narrativa ambígua, ou detesta-se ou adora-se, só por isso é um bom livro.

Angelópolis - Danielle Trussoni

Angelópolis é a sequela de Angelologia, um sucesso à escala global e também um bestseller do New York Times. Voltamos a entrar num mundo onde se cruzam história, mitologia e os universos bíblico e fantástico. A batalha entre os humanos e os Nefilins atinge proporções aterradoras. Verlaine é agora um caçador de anjos de elite que se empenha a fundo em capturá-los e eliminá-los. E quando Evangeline, a mulher que ama, é raptada diante dos seus olhos por uma das criaturas mais procuradas pela Sociedade, tem início uma perseguição que leva Verlaine até aos palácios de São Petersburgo, à Sibéria e às costas do Mar Negro, onde o aguardam a verdade sobre as origens de Evangeline e forças terríficas, capazes de ameaçar o futuro de toda a humanidade.

Opinião:

Angelópolis é a sequela de Angelologia, um livro que li á ja algum tempo e que encantou-me pela sua estória fascinante sobre os anjos que habitam no nosso mundo e que só algumas pessoas conseguem observar e tentar caçar, pois eles são considerados um mal para a nossa sociedade.
 Livro de fantasia, recheados de estórias magnificas sobre pessoas famosas seres descendentes de anjos, repleto de momentos de acção e com reviravoltas emocionantes.Um livro que não conseguiu aborrecer-me, uma fantasia muito boa, com relatos ficticios que se adaptam perfeitamente a realidade.
Um livro diferente e muito fácil de ler, muito bom. 

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Balanço de leitura 2015

Em 2015 senti uma necessidade de ler e consegui completar o desafio que me propus no Goodreads e li mais de 100 livros.
Ainda assim não consegui ler um só livro da serie  Dark Hunter de Lara Adrian bem como Lords of the Under World de Gena Showalter, e que saudades que eu tenho destas estórias , mas outros livros conseguiram passar a frente.Vou ver se consigo fazer um plano de leitura destes livros, que estão a ganhar poeira na estante, de ler 2 livros de cada autora por mês.
O ano passado consegui ler vários livros escritos pelos mesmo escritores, como Elizabeth Adler,Patricia Scalan, Rosie Thomas e Tana French.
Li livros mais antigos e poucos do que saíram recentemente, assim  reduzi um, pouco a pilha dos livros que queria ler.Mesmo assim alguns ficaram em lista de espera, e espero conseguir ler este ano mais alguns.
Tive algumas desilusões com autoras de quem gosto, e espero que no futuro consigam voltar a encantar-me, como Emma Wildes e Cheryl Holt.
Conheci duas novas escritoras de romance histórico bem interessantes, que me proporcionaram umas horas de leitura bem agradável, Tessa Dare e Sarah Maclean.
E fiquei adepta da escrita e do género de livros de Paula Hawkins, Karin Slaughter e Tana French.
Li alguns livros que infelizmente não saíram em Portugal , como o melhor que li neste ano One plus One da fantástica Jojo Moyes, lindo.Outro livro entre os melhores para mim  foi Amor Cruel de Colleen Hoover, foi o primeiro livro que li da autora, mas conto brevemente ler mais, e espero que continue a seduzir-me.
O livro que pensei ler, mas que desisti nas primeira paginas foi Grey, não consegui ler mais do mesmo, paciência.
Houve mais desilusões, com livros menos bons, mas em resumo acho que foi um ano cheio de agradáveis leituras, Agosto foi o mês que li menos, e Novembro foi o mais intenso até eu fiquei espantada com a quantidade de livros que consegui ler 16! nem dei conta o que quer dizer que cada livro que li foram muito bons para querer ler cada vez mais.
Espero ter tempo para conseguir ler muitos mais livros este ano que agora começa. 

2015

Janeiro

A Promessa - Richard Paul Evans

Aconteceu em Roma - Nicky Pellegrino



Fevereiro


Março



Abril




Maio




Junho




Julho





Agosto




Setembro




Outubro




Novembro 








Desafio Wook

Um desafio interessante proposto pela WOOK